5 de fev de 2007

FLOR

Tua falta se dispõe em aflições de dor...
Onde tu andas oh bela flor...
Não me canso de esperar-te
E minh’alma cansada já te respira
O perfume da mais iluminada flor
A radiante flor colocada no meio de um jardim de amor
Tão pouco logo não há aflição de dor
Tão pouco logo Deus estendeu seu favor
Num toque de sua divina graça permitiu amar-te
E dizer: Amo-te... Respiro-te... E sonho ter flor.

Nenhum comentário:

Leia também...

2leep.com