18 de out de 2007

O Verbo Agostiniano


Para a visão sensível além do olho e da coisa, é necessária a luz física, do mesmo modo, para o conhecimento intelectual, seria necessária uma luz espiritual. Esta vem de Deus, é a Verdade de Deus, o Verbo de Deus, para o qual são transferidas as idéias.


No Verbo de Deus existem as verdades eternas, as idéias, as espécies, os princípios formais das coisas, e são os modelos dos seres criados; e conhecemos as verdades eternas e as idéias das coisas reais por meio da luz intelectual a nós participada pelo Verbo de Deus.



O Verbo ainda é poder racional infinito, eterno, imutável, simples, espírito, pessoa, consciência. O Verbo é ainda ser, saber, amor. Quanto, enfim, às relações com o mundo, o Verbo é concebido exatamente como livre criador.



Deus não é no tempo, o qual é uma criatura de Deus: o tempo começa com a criação. Antes da criação não há tempo, dependendo o tempo da existência de coisas que vem-a-ser e são, portanto, criadas.


O Verbo veio trazer solução para o mal que não é ser, mas privação de ser, como a obscuridade é ausência de luz. Tal privação é imprescindível em todo ser que não seja Deus, enquanto criado, limitado.




Nenhum comentário:

Leia também...

2leep.com